Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

3 pequenos-almoços nutritivos para quem quer ingerir 300, 400 ou 500 calorias

Saiu do ginásio e não sabe o que é que há-de comer? Acordou e está na dúvida sobre o que deve ser o seu pequeno-almoço? Está farto de sentir fome a meio da manhã e quer comer um pequeno-almoço que o alimente durante umas boas horas? Foi para responder a todas essas perguntas que o blog My Fitness Pal preparou três pequenos-almoços nutritivos e que o alimentam durante toda uma manhã.

Um para quem não quer ingerir mais de 300 calorias, outro para quem precisa de 400 calorias e um último para os sortudos que estão no patamar das 500 calorias, o que deixa a minha querida Mulher Mistério num estado de nervos descontrolado. As contas e as receitas foram preparadas pela nutricionista Elle Penner.

Eu acho que me fico pela opção das 300 calorias. Ainda por cima, adoro banana com manteiga de amendoim.

NutritiousBreakfast_Infographic-1 - cópia.jpg

 

 

este jantar é amor à primeira vista: tostas de queijo brie com framboesas e mel

Há receitas que me fazem suspirar e tremer como se estivesse a protagonizar aquelas típicas cenas de amor à primeira vista das comédias românticas. Uma pessoa parece que fica tonta, corada, sem saber o que dizer e fazer... enfim, é o amor em todo o seu esplendor. E a mim já me aconteceu duas vezes: quando conheci o meu querido Marido Mistério (sim, foi amor à primeira vista apesar dele ostentar uma camisola de gola em bico aos losangos e uns óculos escuros antiquados que eu fiz um esforço titânico para ignorar) e quando descobri esta receita do espetacular blog Half Baked Harvest. Pensando bem, acho que suspirei mais quando vi esta delícia. Tem basicamente 3 dos meus ingredientes preferidos: queijo brie, framboesas e molho pesto. Demora 15 minutos a fazer e vai ser hoje o nosso jantar. Ah, que chatice, também tem pão. Não faz mal, instituo mais um Dia da Asneira esta semana!

Só preciso de pão alentejano cortado às fatias, azeite, queijo brie cortado às fatias, framboesas frescas, mel e rúcula ou canónigos para decorar. Para o molho de pesto, preciso de azeite, manjericão fresco, raspas e sumo de um limão, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Honey-Raspberry-Brie-Crostini-with-Basil-Oil-4.jpg

 

 

o petisco mais original deste verão: espargos crocantes com parmesão para fazer no forno

Uma das coisas que mais me custa quando estou de dieta (que é basicamente sempre) é chegar a casa e não poder petiscar, ao lado do meu querido Marido Mistério, umas amêndoas, uns pistácios, umas batatas fritas, uma mini, enfim, pequenos prazeres da vida a que infelizmente só alguns privilegiados (aquela espécie de gente que abomino porque come, come mas não engorda, ou aqueles que invejo profundamente porque comem, engordam e se estão absolutamente nas tintas) têm acesso.

Sabendo deste meu desgosto, o meu querido Marido Mistério (que é um anjo na terra) decidiu surpreender-me ontem ao fim da tarde com esta deliciosa receita do blog Damn Delicious: uma alternativa saudável às calóricas batatas fritas.

Ele só precisou de pão ralado panko, queijo parmesão ralado, sal e pimenta preta moída, espargos, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_2791edit.jpg

 

panquecas de abacate e mirtilos para começar em grande mais um feriado

Hoje estou muito bem-disposta. Sabe porquê? Porque amanhã já é feriado outra vez! Tão bom! Que maravilha! Uma pessoa até vai trabalhar com outra disposição. Amanhã já é outra vez dia de acordar tarde e de poder fazer aqueles pequenos-almoços longos e tardios que a Família Mistério tanto gosta. Ainda por cima descobri, no blog Running to the Kitchen, estas incríveis panquecas de abacate e mirtilos que vão levar o nosso mini-misterioso com vocação para chef à loucura. Ele adora abacate, por isso vai adorar ajudar na preparação desta maravilha.

Só precisamos de 20 minutos e de farinha (também pode usar sem glúten), açúcar (ou outro adoçante natural), fermento, sal, noz-moscada, um abacate esmagado, leite (pode ser de amêndoa, se preferir), um ovo, óleo de coco derretido, extrato de baunilha, mirtilos frescos, manteiga para a frigideira e ovos para servir por cima das panquecas: podem ser estrelados ou escalfados. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original. 

Blueberry-Avocado-Pancakes-1-600x900.jpg

 

como fazer as melhores e mais fáceis gambas al ajillo

As sardinhas estão para Portugal assim como as gambas al ajllo estão para Espanha. Por mim, não me importava nada que os arraiais desta época servissem também esta especialidade espanhola. Adoro. Sou viciada. Só tem um único problema: é que é impossível deliciarmo-nos com gambas al ajillo sem uma fatia de pão ou uma torradinha. Aquele molho é completamente irresistível. E é aí que o caldo se entorna todo, que é como quem diz é quando me desgraço toda. É como um pacote de batatas fritas: só paro quando fica vazio. Neste caso, não o pacote mas o prato.

Descobri esta receita no site PBS. O autor chama-se Marc Matsumoto, um conceituado chef que colabora com o New York Times, o Wall Street Journal, o USA Today e o Food Network e fiquei rendida à simplicidade da receita. É tão fácil que decidi fazer sozinha, sem marido nem filhos a palpitar. Só vou precisar de azeite, alho picado, paprika, gambas descascadas, sal e pimenta, e salsa para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para duas pessoas, espreite aqui a receita original.

garlic-shrimp-3.jpg

 

o almoço perfeito para o verão: batata doce com salada de atum e queijo derretido

Estou de boca escancarada desde que vi, há uns minutos, esta absoluta maravilha à minha frente. Ainda não consegui fazer mais nada que não fosse correr para o computador e começar a escrever para lhe mostrar rapidamente este fenómeno da natureza. Juntar batata doce, salada e atum e queijo derretido, tudo no mesmo prato, é o mesmo que comprar-me um voo directo para o paraíso. 

Acho que não vou aguentar nem mais um minuto. Vou fazer hoje esta ideia incrível do blog Lexi's Clean Kitchen. E vou fazer já. Antes de mais nada, é correr furiosamente para o supermercado para comprar batata doce, atum em lata conservado em azeite, cebola roxa picada, aipo picado, maionese, sumo de limão espremido no momento, salsa e paprika. Para o topping, vou precisar de tomate, abacate e queijo cheddar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Tuna-Melts7-683x1024.jpg

 

espetadas de camarão e ananás com molho de manteiga de amendoim para fazer em 15 simples minutos

O camarão está a começar a ser para esta casa aquilo que o Despacito é para a rádio portuguesa: um verdadeiro massacre. Mas o que é que eu hei-de fazer? Tal como o meu filho adolescente não enjoa com o Justin Bieber, eu não consigo enjoar com camarão. E sempre tenho uma vantagem em relação à música: enquanto aquela é sempre igual, cá em casa o camarão nunca se come da mesma maneira.

A minha última grande descoberta foi esta fantástica receita do New York Times: umas deliciosas e facílimas espetadas de camarão, acompanhadas com ananás grelhado e com um fabuloso molho de manteiga de amendoim.

Tudo o que vou precisar é de camarão, ananás, manteiga de amendoim natural (sem açúcares nem outras maldições da balança), leite de coco sem açúcar, sumo de lima espremido no momento, açúcar mascavado (tranquilize-se que é só meia colher de chá por pessoa...), molho de soja, gengibre fresco ralado, alho picado, molho tabasco (ou outro picante se gostar), sal, óleo de amendoim, piripíri e coentros. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

11Dinner-articleLarge.jpg

 

o que faz falta é deliciar a malta: tarte de morango com creme de mascarpone e uma base crocante

Ponto prévio: leia este texto a cantarolar ao som da música do Zeca Afonso. Já está? Então vamos a isso.

Estamos no epicentro da época dos morangos e o que faz falta... é uma sobremesa deliciosa, rápida e viciante que junte aquela que é uma das minhas frutas preferidas com uma base de tarte crocante que estale na boca a cada simples dentada. Há semanas que ando à procura da receita perfeita e acho que finalmente a descobri. Trata-se de uma fabulosa tarte de morangos do respeitadíssimo jornal New York Times.

E quando um colosso da credibilidade, como o New York Times, diz que esta é a tarte de morango mais simples do planeta, eu arregaço as mangas e visto o avental. Especialmente se for num domingo. Porque, ao fim-de-semana, o que faz falta... é regalar a malta.

Para fazer esta maravilha da galáxia, só vou precisar de farinha de trigo, farinha de centeio, uma pitada de sal, vinagre de sidra, manteiga gelada cortada em cubos de um centímetro e um ovo. Para o recheio, separe queijo mascarpone, açúcar (ou stevia, ou outro adoçante natural), morangos frescos fatiados e compota de morango. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, o que faz falta... é consultar a receita original aqui.

13COOKBOOK1-articleLarge.jpg

 

panquecas saudáveis de beterraba e iogurte grego: o fim de semana já pode começar!

Há coisas de facto irresistíveis! Coisas das quais não conseguimos fugir por mais que tentemos. O meu querido Marido Mistério, por exemplo, não consegue desviar o olhar quando passa por um mupi com um anúncio de lingerie com a Irina Shayk ou por um cartaz com a Sara Sampaio de biquíni. É perfeitamente compreensível. Eu também tenho as minhas tentações: o George Clooney, o Brad Pitt, o Michael Scofield (mesmo sabendo que é gay assumido, uma pessoa pode sonhar, não é?) e receitas como esta que descobri no blog Slenderberry: panquecas cor de rosa e ainda, por cima, saudáveis? É demasiado para mim, e este fim de semana, o meu querido Marido Mistério vai ter de fazer esta maravilha! Por mim, é já amanhã!

Ele só precisa de leite de amêndoa, iogurte grego, ovos, extrato de baunilha, óleo de coco, puré de beterraba assada, farinha, farinha de aveia, fermento, açúcar de coco e mais óleo de coco para fritar as panquecas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

red-power-pancakes-pin.jpg

 

 

crocante de húmus com tomate seco, espinafres e pesto: o snack ideal para enfrentar este mau tempo

Estou cada vez mais viciada em húmus. Desde que meti na cabeça que é saudável e que provavelmente engorda pouco (sim, porque, a mim, basta-me abrir a boca, entrar um bocadinho de ar e já engordei) que peço ao meu querido Marido Mistério para fazer húmus para termos sempre cá em casa para comermos como aperitivo ou como snack, acompanhado de palitos de cenoura crua.

Mas esta receita do blog The Roasted Root eleva o húmus a todo um outro nível. Não se pode dizer que seja muito compatível com a minha dieta porque tem pão. É naan, é certo, mas é pão. Indiano, é certo. Mas não deixa de ser pão. Mas é irresistível e facílima de fazer. Além disso, é tudo o que me apetece para enfrentar esta neura de tempo...

Só precisa de pão naan, húmus (pode comprar ou então fazer esta receita caseira), espinafres baby, tomates secos, pinhões, molho pesto e queijo feta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

hummus_flatbread_sun_dried_tomato_spinach_pesto.jp

 

acredita que esta tarte gelada de manteiga de amendoim não leva açúcar?

Ui! Ainda bem que é sexta-feira! O meu Dia da Asneira está a chegar e eu tenho de me preparar para esse grande momento. Ainda, por cima, esta receita do espetacular blog Half Baked Harvest tem este aspeto incrivelmente delicioso mas consegue ser surpreendentemente saudável. Estou convencida de que o Papa Francisco até conseguiria sorrir para a família Trump se eles lhe tivessem levado uma fatia desta tarte, que é uma verdadeira tentação.

Para a próxima, Donald, experimenta levar um tupperware com esta maravilha. Melania, presta atenção porque é facílima de se fazer. Demora 15 minutos a preparar e depois são só 2 horas no congelador.

Só precisas de cajus tostados, flocos de coco, cacau em pó e óleo de coco para a base.

Para o recheio, precisas, claro, de manteiga de amendoim natural, tâmaras sem caroço, extrato de baunilha, natas e um iogurte grego, chocolate preto partido em pedaços, leite de coco e amendoins para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma tarte, espreite aqui a receita original.

Skinny-Frozen-Peanut-Butter-Cup-Pie-1.jpg

 

 

spaghetti integral com molho de cogumelos, um jantar delicioso para fazer em 20 minutos

Desde que uma amiga me disse que o truque para uma dieta eficaz é nunca, em momento algum, misturar hidratos com proteínas, eu pensei cá para mim:

– Ah, então posso comer massa com cogumelos, por exemplo!

Erro. Fui investigar e descobri que os cogumelos afinal têm proteínas. Paciência. Estava cheia de desejos de fazer esta massa do ótimo blog Pinch of Yum para o jantar e vou fazer à mesma. Só que como num prato de sobremesa. Talvez resulte. Ou talvez não.

Enfim, quando digo que eu vou fazer é obviamente uma força de expressão. Eu vou sugerir delicadamente ao meu querido Marido Mistério que esta seria uma excelente receita para o jantar.

Ele só vai precisar de massa integral (pode ser spaghetti ou linguine, por exemplo), manteiga, alho, cogumelos frescos fatiados, farinha ou farinha integral, ervas de provence, leite, sal e pimenta, azeite, água (também pode usar caldo de legumes ou leite) e salsa fresca.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

mushroom-spaghetti-3-600x975.jpg

 

 

a bebida ideal para o jantar de hoje: sangria de vinho branco com meloa e tequilla

A minha relação com a minha querida Mulher Mistério está quase ao nível da relação entre o Jorge Jesus e o Bruno Carvalho. Apesar de eu ter o cabelo bastante menos cor-de-laranja do que o treinador do Sporting, sou tratado tiranamente pela pequena déspota desta casa. Se eu entro na sala com um discreto pratinho de queijos para enganar a fome, sou expulso ao grito; se, por outro lado, eu não tenho uma sobremesa pronta no preciso instante em que lhe deu um súbito desejo de doces, sou achincalhado durante duas horas.

É verdade, pode ter pena de mim à vontade porque eu sofro nas mãos Dela. Hoje fui repreendido ao almoço porque ousei apresentar-me à mesa sem uma sangria.

– Não fizeste sangria?!

– Não, Excelência. Disseste que estavas de dieta!

– Com este calor, não há nada para beber?

– Há água.

[Silêncio... suspense... medo...]

– Água?! QUERES QUE EU BEBA ÁGUA?! ACHAS QUE TENHO CARA DE PEIXE?!

Honeydew-Kiwi-Sangria-2.jpg

 

omelete de 3 queijos hiper-mega-super fofinha para começar o seu fim de semana em grande

Sou, sempre fui e serei viciada em queijo. Adoro todos. Ainda não descobri um que não gostasse. Claro que há uns mais desenxabidos do que outros mas, regra geral, não posso ver um queijo à minha frente porque só paro de comer quando resta um prato vazio em cima da mesa… E como o meu querido Marido Mistério é igual a mim, desgraça-me todas as noites.

Passa uma alma o dia inteiro em dieta rigorosa, cheia de orgulho em si própria, resiste aos hidratos de carbono e a mil tentações até à hora do jantar enquanto vê os filhos a deliciarem-se, e depois sentamo-nos à frente da televisão para ver uma série e, invariavelmente, lá me aparece aquele senhor que faz o favor de ser meu marido com um prato de queijos numa mão e um copo de vinho na outra.

- É só para acamar - tem a lata de me dizer.

Eu faço uma tromba até ao chão, reviro os olhos e Ele insiste:

- Achas que é um copo de vinho que te vai estragar a dieta? Tens é de te controlar.

Fico doente. Será que ao fim de uma eternidade de casamento, o iluminado ainda não percebeu que eu não sou uma pessoa com autocontrolo?

Até parece que me está a testar. E o pior é que eu chumbo sempre. Ao fim de um minuto, estou a beber do copo dele e a atacar os queijos com uma sofreguidão que não há explicação.

Todo este desabafo foi para justificar porque é que hoje o meu brunch vai ser esta espetacular e super fofinha omelete recheada, não com um, nem com dois, mas com três queijos diferentes, da incrível Donna Hay. Não vou aguentar. É irresistível!

Só vou precisar de queijo mascarpone, cebolinho picado, ovos, natas, sal e pimenta preta, manteiga, queijo cheddar ralado e parmesão ralado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

puffed-cheese-omelette.jpg

 

 

5 ingredientes, 5 minutos, 1 sobremesa divinal

É a última grande descoberta deste pobre casal sempre em busca da receita perfeita. Esta invenção do fantástico site The Kitchn é uma divinal tarte de iogurte gelado com mirtilos bêbados. E como é que os mirtilos se embebedaram?, já consigo ouvir a pergunta desconfiada desse lado. Porque foram mergulhados numa calda de licor Grand Marnier que é salpicada por cima do iogurte gelado.

Para fazer esta maravilha, só vai precisar de cinco ingredientes e de cinco minutos de trabalho. Terá de esperar que a tarte congele durante umas horas, mas trabalho, trabalho são só cinco minutos. Separe uma base de tarte pronta a usar (se quiser, também pode fazer a sua com bolachas, manteiga e açúcar, mas dá mais trabalho), licor Grand Marnier, açúcar, mirtilos frescos e iogurte gelado de baunilha (eu acho que vou experimentar com iogurte gelado natural). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

adc1ec495ccf977c45d15f116162dc346018e855.jpeg