Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tartes de massa filo com queijo creme e beterraba, uma entrada saudável e chiquérrima ;)

Esta receita impressiona até o Gordon Ramsay. É linda de morrer, é fácil de fazer e faz uma vistaça em qualquer almoço, jantar, festa ou evento. Pode ser uma entrada ou um prato principal. A receita é do blog Anna Banana e é crocante e deliciosa. Demora meia hora a ficar pronta e eu já estou à procura do avental para pôr ao meu querido Marido Mistério para ele fazer esta maravilha ainda hoje.

Ele só precisa de beterrabas médias cozinhadas e cortadas em pedaços de meio centímetro, massa filo, queijo creme, cebolinho picado, sementes de cominho negro, parmesão ralado, um ovo, manteiga derretida, flor de sal, pimenta preta e azeite.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Beetroot-Cream-Cheese-Filo-Tarts-9.jpg

 

 

ovos no forno sobre molho mexicano, um pequeno almoço com apenas 137 calorias

Se há coisa que me faz acordar bem-disposta é a perspetiva de comer ovos ao pequeno-almoço. Adoro, como sempre que posso, não tanto quanto gostaria, porque só ao fim-de-semana é que temos mais tempo para fazer com calma.

Mas esta receita, do blog Feasting not Fasting, demora no máximo 15 minutos a fazer, por isso, acho que vou fazer já, neste momento, agora! E quer saber a melhor notícia de todas? Só tem 137 calorias, isto, claro, se conseguir resistir ao pão. Molhar o pão nesta maravilha é de facto uma tentação irresistível.

Esta receita é facílima (são 3 minutos a preparar e 12 no forno) mas tem um ligeiro travo (“trave” como diz um dos nossos minimisteriosos) a picante.

Só precisa de molho mexicano (como este, por exemplo), ovos, queijo ralado (pode ser parmesão ou cheddar), sal e pimenta, spray de cozinha ou azeite e coentros picados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

1 (3).jpg

 

 

vem aí o novo livro do casal mistério com 50 receitas só com 5 ingredientes (ou menos, claro!)

pagina8.png

Pare tudo o que estava a fazer até este momento! Esta é a notícia que vai marcar este Natal. Não há cá presentinhos mixurucas, não há cá meias às bolinhas para o tio nem porta-chaves às risquinhas para a tia. Se ainda não comprou os seus presentes de Natal, pare, escute e olhe. Já parou? Já escutou? Já olhou?

Então vamos à novidade que lhe queremos dar em primeira mão a si que tem sido tudo para nós: o Casal Mistério – este mesmo que está aqui deste lado – vai lançar um novo livro, com as mais fáceis, lindas e deliciosas receitas para fazer em casa.

capabx2.png

 

quinoa com chá e leite de amêndoa, um pequeno-almoço rico em proteínas e pobre em açúcar

A quinoa está a transformar-se no ingrediente mais famoso cá de casa. Desconfio que até já dá autógrafos ao arroz, à massa, ao cuscuz, à granola e aos outros vizinhos de prateleira. É uma estrela. É basicamente a Cristina Ferreira da despensa da Mansão Mistério.

Todos nós adoramos, sobretudo o nosso filho com vocação para chef, e eu que também me viciei desde que descobri que a quinoa tem um baixo índice glicémico. Sim, pode não parecer mas preocupo-me com a minha rica saúde.

Por isso, quando descubro receitas saudáveis e geniais como esta do blog Well and Full, fico tão quase tão feliz como Jorge Jesus quando recebe uma caixa nova de pastilhas elásticas.

Para fazer este pequeno-almoço saudável, só precisa de quinoa lavada, leite de amêndoa, chá preto indiano Chai e açúcar de coco (opcional). Depois, só precisa de toppings como nozes pecan, flocos de coco e canela.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

1 (2).jpg 

 

cheesecake de abóbora, uma receita de perder a cabeça

Outono é o mês das castanhas, das folhas no chão e, claro, das abóboras. Adoro as cores e os sabores desta estação e gosto ainda mais de receitas como esta que descobri no blog Spend With Pennies. Não podia ser mais apropriada para esta altura! Parece uma tarte mas é um cheesecake irresistível. Fácil de fazer, só precisa de 5 minutos do seu tempo, depois são 45 minutos no forno, mas nessa altura já pode ir à sua vida.

Só precisa de puré de abóbora, queijo creme, açúcar, ovos, natas azedas, xarope de milho, canela, base de tarte e chantilly para pôr por cima. Se quiser fazer a base de tarte em casa, vai precisar de manteiga derretida, açúcar e bolachas digestive raladas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Easy-as-Pie-Pumpkin-Cheesecake-31-1.jpg

 

 

a lasanha mais fácil que já viu (e só suja uma panela)

São as duas palavras da minha eterna felicidade: "super easy". Especialmente em dias de semana dramáticos como o de hoje, em que acordei às 6h50, ainda às escuras, e consegui passar todo o meu dia a correr de um lado para o outro sem comer. Só tive tempo de tomar o pequeno-almoço e, para melhorar ainda mais as coisas, quando fui pagar a conta, percebi que me tinha esquecido da carteira.

Valeu-me a minha querida e prestável mãezinha que estava ali por perto e que fez o favor de me emprestar dinheiro. Sim, porque se dependesse da minha "sempre atarefada" Mulher Mistério, ainda agora estaria na cozinha a lavar pratos.

Almoço foi coisa que nem vi à frente e mal tive tempo de me sentar ao computador para procurar um jantar delicioso, fácil e que encha – porque só há uma coisa que consigo ter mais do que cansaço, neste momento: fome!

Felizmente, encontrei esta fantástica e super-fácil lasanha do blog Pinch of Yum que só suja uma única panela. Tudo o que vou precisar para fazer esta delícia é de bacon cortado em pedaços, chalotas picadas, cenouras picadas, carne picada, molho de tomate, vinho tinto, queijo creme, massa de lasanha, mozzarella fresca cortada em pedaços e parmesão para gratinar por cima. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

lasagna.jpg

 

muffins de abóbora, uma forma original de começar o seu dia

Quem diz muffins, diz obviamente queques. Mas quanto mais internacional mais fashion (não disse?), mais cool (eu lá sei do que falo), mais hipster (ok, vou parar, já percebeu a ideia, certo?). Estes queques/muffins que descobri no delicioso blog This Grandma is Fun são fofinhos, saborosos e são surpreendentes. É uma receita típica de outono e, por isso, vale a pena experimentar para variar da habitual torrada com manteiga e do café com leite do costume.

Só precisa de farinha, açúcar, açúcar mascavado, bicarbonato de sódio, fermento, sal, canela em pó, cravo-da-Índia, noz-moscada, ovos, puré de abóbora, óleo de coco derretido, leite e extrato de baunilha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 queques, espreite aqui a receita original.

pumpkin-muffins-2-683x1024.jpg

 

as mais simples e deliciosas batatas doces para o seu jantar

É tão fácil que até enerva. Batata doce já é deliciosa. Agora se levar uma fabulosa manteiga de alho por cima e um extraordinário queijo derretido a finalizar, melhor ainda. 

A fabulosa receita é do ainda mais fabuloso blog Cafe Delites e – agora é que vem a melhor notícia de todas – só leva 5 simples e fáceis ingredientes: batata doce, manteiga derretida, alho picado, salsa fresca picada e queijo parmesão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

Smashed-Sweet-Potatoes-29.jpg

 

 

bolachas de manteiga de amêndoa: vamos animar esta segunda-feira?

Hoje é daqueles dias que tem tudo para ser uma neura: primeiro dia da semana de trabalho, o fim definitivo deste tempo maravilhoso que prolongou o verão até meio de outubro, o despertador a tocar demasiado cedo, enfim, não se anuncia nada de bom. Mas como procuro sempre ver o lado positivo das coisas (sou irritantemente otimista), acordei a pensar que o ideal para me animar esta semana era fazer esta incrível receita do blog Minimalist Baker. É ótima para aqueles pequenos-almoços a correr e para levar para o trabalho e ir comendo ao longo do dia.

Estas bolachas são fáceis de fazer, não têm nem farinhas nem açúcares refinados, são vegan e sem glúten e são uma delícia.

Só precisa de açúcar de coco, leite de amêndoa, óleo de coco, extrato de baunilha, manteiga de amêndoa natural, farinha de coco, sementes de sésamo, sementes de girassol tostadas, flocos de aveia sem glúten e uma pitada de sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 bolachas, espreite aqui a receita original.

EASY-Almond-Butter-No-Bake-Cookies-with-sesame-and-sunflower-seeds-Naturally-sweetened-butter-free-and-vegan-glutenfree-cookie-recipe-768x1139.jpg

 

 

será esta a melhor tarte de chocolate de todas? a receita do chef com mais estrelas michelin do mundo

Chama-se Joël Robuchon e tem não uma, nem duas, nem três – mas 32 estrelas Michelin acumuladas nos seus 23 restaurantes espalhados por todo o mundo. Mas se pensa que o chef com mais estrelas Michelin do planeta só faz pratos da mais alta cozinha está muito enganado. 

Uma das minha receitas preferidas é a sua fantástica e ultra-simples tarte de chocolate. O que eu mais gosto é o facto de poder ser feita com base de massa de tarte comprada pronta no supermercado, o que me poupa longos e penosos minutos de esforço na cozinha. Hoje acho que vou fazer esta maravilha numa versão adaptada pelo jornal britânico Daily Express

Tudo o que vou precisar é de massa de tarte pronta a usar (se preferir fazer em casa a sua massa, siga as instruções aqui), chocolate com 70% de cacau, natas para bater (com 35% de gordura), leite gordo, um ovo, uma colher de sopa de whiskey, flor de sal e cacau em pó para polvilhar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Classic-chocolate-tart.jpg

 

triângulos de massa filo com queijo brie e doce de framboesa no forno com apenas 3 ingredientes

Esta receita consegue juntar 3 dos meus ingredientes preferidos: queijo Brie, doce de framboesa e massa filo. É um aperitivo delicioso ou um lanche tentador. Mas não pense que me vou desgraçar com esta maravilha. Cada um tem apenas 58 calorias, não é tão bom?

A receita original do blog Cookin Canuck é com molho de arando mas eu gosto muito mais (e temos sempre em casa) de doce de framboesa.

Por isso, hoje temos direito a lanche caprichado ;)

Só precisa de ter em casa 3 ingredientes: massa filo, queijo Brie e doce de framboesas. E spray de cozinha, claro.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 18 triângulos, espreite aqui a receita original.

11277645236_f132e503cf_c.jpg

 

quem consegue resistir a estas divinais panquecas de noz com recheio de fatias de banana?

Eu aviso já que não: recuso-me terminantemente a resistir a estas panquecas absolutamente fenomenais. Em primeiro lugar, levam fatias de banana e nozes tostadas misturadas com a massa, o que lhe dá uma surpresa única cada vez que trinca e encontra um pedaço de banana ou uma noz crocante.

Depois, são empilhadas com umas finas camadas de Nutella e manteiga de amendoim a separá-las. O resultado é um sentido e profundo adeus à dieta. Não é que eu alguma vez a tenha abraçado, mas a pressão da minha querida Mulher Mistério é permanente.

Hoje, no entanto, não há cá limites nem contenções. Vou fazer estas fantásticas panquecas do blog A Beautiful Mess e não vou hesitar nem um segundo. Tudo o que preciso é de farinha, bicarbonato de sódio, açúcar mascavado, um ovo, leitelho, água, bananas cortadas em fatias fininhas, nozes tostadas e uma pitada de sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

6a00d8358081ff69e2017d425a9730970c-800wi.jpg

 

caril de batata doce vegan com apenas 5 ingredientes, o nosso exótico jantar de hoje

A minha paixão por caril é recente. Antigamente achava que não gostava, não sei porquê, talvez porque o primeiro que provei na minha vida era demasiado forte ou picante. Não sei. Mas maldita a hora em que voltei a provar este prato pouco consensual há cerca de dois ou três anos. Passei do oito para o oitenta. Fiquei viciada. Hoje já não passo sem um bom caril. E quando descubro receitas como esta, do blog Pinch of Yum, meto-me no carro a caminho do supermercado, porque nasce logo em mim um desejo incontrolável de comer a mais famosa iguaria indiana. Ou serão as chamuças? Não faço ideia! Lá estou eu a divagar… Por isso, comprei esta lista minimalista de ingredientes para o meu querido Marido Mistério fazer esta maravilha para o jantar de hoje: tofu fime, batatas doces descascadas e cortadas em cubos, pasta de caril verde (encontra aqui), leite de coco e brócolos cortados em pequenos bouquets. Para temperar, tenha à mão azeite e flor de sal, e para decorar, coentros frescos picados e passas douradas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Green-Curry-5.jpg

 

couves de bruxelas panadas com queijo parmesão, a receita que vai mudar a sua vida (ok, posso estar a exagerar...)

Sei que vou ser trucidada por toda a gente pelo que vou escrever a seguir: eu adoro couves de Bruxelas desde criança. Também sei que não é normal, porque quase toda a gente que eu conheço não gosta. Os nossos Minimisteriosos adoram (ah, os mistérios insondáveis da genética!) mas tenho a perfeita noção de que é um fenómeno raro.

Esta receita do imprescindível blog Damn Delicious vai provocar uma revolução na boca de toda a gente. A partir de agora, as couves de Bruxelas vão transformar-se numa unanimidade. Esta versão é deliciosamente crocante e incrivelmente deliciosa. Vai ver que, depois de experimentar, não vai querer outro acompanhamento no seu prato.

Só precisa de azeite, pão ralado panko, queijo Parmesão ralado, tempero cajun (encontra aqui, por exemplo), couves de Bruxelas lavadas, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

sub-buzz-14758-1505943274-9.jpeg

 

scones de beterraba com chocolate preto e crumble de pistácios, uma receita original, vegan e sem glúten

Esta receita é para arrasar em qualquer ocasião. Tem um aspeto incrível, é saudável, é linda de morrer, é sem glúten, é vegan, já disse que é linda de morrer? Eu sei que sim. Mas de facto esta maravilha que descobri no blog The Green Life é dos pratos mais bonitos e originais que me passaram por estes lindos olhos. Sim, os meus olhos são lindos, sobretudo quando estou de óculos escuros. Mas dizia eu que esta receita é linda de morrer, de tal forma que até parece que estamos a cometer um crime ao dar uma trinca num destes scones. Apetece emoldurar e pendurar na parede. Estou a brincar! Apetece é comer e nem deixar uma migalha para contar a história.

Para fazer esta maravilha, vou obviamente recorrer ao talento do meu querido Marido Mistério, porque se eu arriscasse a meter a mão nesta massa corria um sério risco de estes scones saírem roxos em vez de cor-de-rosa.

Ele vai precisar de farinha de sorgo sem glúten, de farinha de aveia, farinha de araruta, fermento, cardamomo em pó, flor de sal, duas beterrabas médias, óleo de coco derretido, xarope de ácer, extrato de baunilha, chocolate preto cortado em pedaços, pistácios picados e açúcar de coco.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 scones, espreite aqui a receita original.

beet-dark-chocolate-scones-pistachio-crumble-12.jpg