Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

como fazer o verdadeiro croissant francês em sua casa

28.01.21

Depois da moda de fazer pão em casa, chegou a moda dos croissants à Mansão Mistério. O meu querido Marido Mistério e o nosso filho com vocação para chef estão num entusiasmo tal que, por instantes, achei que tinham descoberto uma cura milagrosa para o Covid. A verdade é que é um ótimo programa para as nossas tardes de confinamento. Eles distraem-se e eu engordo. Paciência, emagreço depois. Haja sanidade mental.

Depois de muito pesquisarmos em busca da receita perfeita, ficámos rendidos a esta delícia que descobri no blog Lauren´s Latest, por uma razão muito simples: é a receita dos verdadeiros croissants parisienses, folhados, como Ele adora. O meu querido Marido Mistério vive a dizer que croissants são folhados, o resto são brioches em forma de croissants. Se o Mestre diz, nós acreditamos.

E o que é que precisa para fazer croissants em casa? Para a massa vai precisar de farinha, sal, açúcar granulado, levedura seca instantânea, água quente e manteiga derretida arrefecida. Para o bloco de manteiga vai precisar de uma embalagem de 250 g de manteiga sem sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 10 croissants, espreite aqui a receita original.

Homemade-Croissants-Recipe-01-copy.jpg

 

Estenda uma folha de papel vegetal sobre a bancada e com a ajuda de um rolo da massa estique a manteiga para formar um retângulo com cerca de 30 cm por 15 cm. Se tiver um raspador, pode ser útil para aparar as pontas. Guarde no frigorífico.

Mergulhe a levedura na água quente.

Numa taça à parte, junte a farinha, o sal, o açúcar e a manteiga derretida.

Adicione a água com a levedura e amasse com as mãos até criar uma massa. Faça uma bola com a massa, envolva-a em película aderente, deixe-a assentar durante 30 minutos na bancada e leve ao frigorífico durante 2 horas no mínimo, e 6 horas no máximo.

Quando a massa e o bloco de manteiga estiverem bem frios, alise a massa com o rolo formando um retângulo de 50 cm por 17 cm. Se ficar um bocadinho maior é indiferente. Coloque o bloco de manteiga no centro da massa. Dobre um dos lados da massa por cima de forma a cobrir metade do bloco de manteiga.

Faça o mesmo do outro lado: dobre a massa por cima da primeira dobra. A ideia é ficar com 5 camadas: massa, manteiga, massa, manteiga e massa.

Passe o rolo da massa por cima de forma a criar um retângulo maior e dobre mais uma vez as duas pontas na direção do centro e volte a dobrar estas duas pontas novamente. A ideia é ficar com o formato de um rolo espalmado. Embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico durante uma hora.

Para criar ainda mais camadas, passe novamente o rolo pela massa criando um retângulo e volte a dobrar as pontas para o centro duas vezes, repetindo o passo anterior. Embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico durante uma hora.

Retire do frigorífico e alise a massa novamente até formar um retângulo com cerca de 50 cm por 25 cm e uma espessura de 4mm. Apare as pontas para tentar obter um retângulo o mais perfeito possível.

Corte agora a massa em triângulos com cerca de 10 cm de largura e 25 cm de comprimento.

Enrole os triângulos até formarem croissants e disponha-os num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Pincele os croissants com um ovo batido e deixe-os crescer durante 2 a 3 horas até ficarem com o dobro do tamanho.

Pincele os croissants com um pouco mais do ovo batido e leve-os ao forno a 200º C durante 15 a 20 minutos ou até ficarem dourados, incluindo as dobras.

Retire do forno e espere que arrefeçam ligeiramente antes de se deliciar com esta tentação de Cristo.

 

Boas receitas,

Ela

 

receita e foto: lauren´s latest

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.