Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

passei dois dias a fazer um detox radical… sobrevivi mas com umas valentes dores de cabeça!

Não é que os ditos influencers influenciam mesmo? Estava eu a fazer scroll no meu instagram e vi um ator português a promover um programa de detox que já tinha visto outras atrizes a fazerem. Deve estar na moda. Deixei-me logo influenciar. Pensei: é agora ou nunca. Vou fazer um detox de dois dias (três é demais para mim, peço desculpa, mas não consigo estar três dias sem trincar) para tentar eliminar a feijoada, o cabrito e os doces da Páscoa do meu organismo. E assim fiz. Optei pelo plano Dois Dias Primavera, por nenhuma razão especial, achei que era o mais adequado já que estamos na primavera. Confesso que nem li o que é que incluía, estava tão empanturrada do fim-de-semana da Páscoa que encomendei no telemóvel, paguei online e fiquei de ir levantar no dia seguinte à loja no Restelo.

20729753_1640949135929675_4890503300503525098_n.jp

 

Quando lá cheguei, percebi que o plano que escolhi, o Plano Primavera, era o único que tinha uma salada ao almoço. O do Inverno tem uma sopa quente, e o de Verão uma sopa fria. Menos mal, sempre trincava qualquer coisinha a meio do dia. E aqui me confesso: comecei logo o detox a fazer batota. Tinha ginástica às 8 da manhã e só depois é que podia ir buscar as quatro lancheiras (duas por dia de detox), por isso, comi um iogurte grego com meia banana antes de sair de casa. Teve de ser, senão desfalecia na ginástica. O cabrito do dia anterior não me chegava para ter energia para me mexer. Mas, para compensar, não tomei o terceiro sumo da manhã. Às 10h30 da manhã tomei o que deveria ser o primeiro sumo do dia: tinha cenoura, maçã, laranja, limão, farinha de alfarroba e aveia sem glúten, exatamente os mesmos ingredientes do primeiro sumo do segundo dia.

Ao meio-dia e meia, bebi o segundo sumo com maçã, kiwi, espinafres, aipo, gengibre, aveia sem glúten, limão e sementes de linhaça. Adorei. Por mais estranho que pareça, foi dos meus preferidos. É claro que a estas horas, dispensei o terceiro sumo do dia que incluía: cenoura, maçã, laranja, limão, farinha de alfarroba e aveia sem glúten. Dei a uma das nossas filhas adolescentes que lhe chamou um figo.

56993950_2415293381828576_6356699860351057920_n.jp

Resumindo, bebi dois sumos de manhã e por volta das 14:30 comi a salada, a minha única refeição sólida do dia. Era ótima, mas também tinha alguns dos meus ingredientes preferidos, por isso, tive sorte. As saladas vêm nuns frascos de vidro com ótimo ar e este tinha no seu interior: queijo mozzarella, amêndoas laminadas, tomate cherry, manjericão, alface, rúcula, maçã e goji. Tudo isto servido com um molho de iogurte. Bem bom. Não fiquei com fome nenhuma. Por esta altura já o meu querido Marido Mistério olhava para mim desconfiado a dizer que nunca me viu comer tanto! Isto enquanto devorava um prato de entrecosto com arroz. Só me apetecia bater-lhe. A partir dali, só iria ingerir sumos até dormir.

Duas horas depois do almoço, levantei-me da secretária, feliz da vida. Estava na hora do sumo número 5. O número 4 é reservado à salada ou à sopa, depende do plano que escolher. Este era de laranja, abacaxi, alface, salsa, aveia sem glúten e limão. Não fazia tanto o meu género, mas bebi com prazer. Voltei para o computador a contar os minutos para beber o próximo sumo, duas horas depois. Às 18h30, dirigi-me ao frigorífico à procura do sumo número 6. Fiquei animada ao ler o rótulo: papaia, morango, maçã, laranja, aveia sem glúten e limão. Pareceu-me muito bem e soube-me ainda melhor. Já só faltavam dois. Optei por beber o sumo 7 à mesa enquanto a minha querida Família Mistério se deliciava com uns tentadores peitos de frango.

salada-02.jpg

Aqui, confesso, custou-me. Não é que tivesse fome, não tinha. Mas a gula apoderou-se de mim de uma maneira tal que achei que batia em alguém. Devia obrigar a família inteira a fazer detox comigo para não cair em tentação. O sumo 7, diga-se a verdade, até era dos meus preferidos, era igual ao segundo sumo da manhã com maçã, kiwi, espinafres, aipo, gengibre, aveia sem glúten, limão e sementes de linhaça, mas foi duro. Não vou negar. Por isso, às dez da noite não resisti: roubei uma amêndoa da taça dos aperitivos do meu querido Marido Mistério. Uma só. Juro. Mas precisava de trincar alguma coisa. E quando arrumei a cozinha, dei por mim a comer à socapa três folhas de espinafres que sobraram da salada da minha famigerada Família Mistério. Eu sei: é o fim da linha.

A verdade é que bebi o último sumo do dia antes de me deitar, à meia-noite, e não tinha fome nenhuma. Só que tive medo de acordar a meio da noite com um ataque de fome e achei melhor prevenir do que remediar. Por isso, antes de ir para a cama bebi o número 8: tinha abacaxi, hortelã, gengibre, sementes de linhaça, aveia sem glúten e limão. Bebi, como diria Santana Lopes, com algum sacrifício pessoal.

0.jpg

No dia seguinte, acordei a sentir-me ligeiramente mais leve, pesei-me e fiz um dab: menos um quilo. Yes, mas para compensar ganhei umas dores de cabeça inacreditáveis. Os panfletos que vêm com o plano alertam para eventuais dores de cabeça como um dos efeitos secundários, a par com cólicas, diarreia e irritabilidade. Pois, comigo, nada disto aconteceu (antes pelo contrário), mas as dores de cabeça atacaram-me sem dó nem piedade. Segui a sugestão do panfleto, tomei um ben-u-ron e ressuscitei para a vida.

Tomei o primeiro sumo (igual ao do dia anterior) às 9.00 da manhã, o segundo às 11h e este era diferente do equivalente ao do primeiro dia. Tinha maçã, mirtilos, amoras, framboesas, groselhas negras e vermelhas, hortelã, aipo, gengibre, aveia sem glúten e limão. Era bom, mas os ingredientes prometiam mais. Claro que saltei o terceiro sumo outra vez (os ingredientes eram os mesmo do sumo 3 do primeiro dia) e às 13h30, abri o frasco da minha saladinha, com um sorriso na cara. A salada tinha frango, alperce, amêndoas laminadas, salsa, aipo, alface e rúcula. Vinha com um molho vinagrete com balsâmico. Confesso que gostei mais da primeira salada, mas não era má. Era… uma salada.

53231243_2355056031185645_161036405739356160_n.jpg

Não tive fome até às 16h30/17h00, altura em que me atirei ao sumo 5. Tinha manga, mirtilos, amoras, framboesas, groselhas negras e vermelhas, morangos, abacaxi, aveia sem glúten e limão. Já começo a achar que sabem todos ao mesmo. A verdade é que nunca tive fome, só gula. De tal forma que só me lembrei do sumo 6 às 20:30. O meu jantar foi um sumo de maçã, couve roxa, limão, gengibre e aveia sem glúten. Confesso que tremi quando li “couve roxa” no rótulo, mas era surpreendentemente bom. Decidi beber o sumo 7 às 10 da noite e o 8 antes de me deitar, perto da 1 da manhã.

 

Conclusão:

  • Os sumos são ótimos, gostei mais de uns do que outros, mas de uma maneira geral, são todos doces e saborosos.
  • As saladas são o que são. Saladas. A do primeiro dia melhor do que a do segundo, mas isso é porque adoro mozzarella.
  • Nunca tive fome. De facto, os sumos são muito saciantes, e acho que o segredo está na aveia sem glúten, porque a aveia ajuda a tirar a fome.
  • Três sumos de manhã é um exagero, pelo menos, para mim. Acredito que quem acorde às 6 da manhã precise, mas felizmente não é o meu caso.
  • O detox dá mesmo dores de cabeça. Confere. Mas só tive uma vez, quando acordei depois do primeiro dia. Se calhar é uma questão de hábito.
  • Fiquei com a sensação de que comi mais – neste caso bebi mais – do que num dia normal de dieta. Francamente, não preciso de beber tantos sumos. Beber de duas em duas horas é manifestamente exagerado, pelo menos, para mim.
  • E no final, emagreci 1 kg no primeiro dia e só 100 g no segundo…

 

Moral da história, compensa o sacrifício de um dia. O segundo já fiquei com algumas dúvidas. Se calhar, a diferença vai notar-se já no terceiro dia. Sim, porque não pense que a minha luta acabou. Ainda agora começou. Amanhã recomeço a minha eterna dieta.

 

Uma ótima semana,

Ela

 

fotos: casal mistério e maria do bairro

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.