Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

pesto de beterraba, o meu mais recente e saudável vício

04.04.17

Estou esmagada. A minha querida e adorável sogra recebeu-me com um aperitivo que acabou comigo. Há muito tempo que não comia nada tão bom. Que maravilha e que receita moderna ao mesmo tempo. Tenho de admitir que tenho uma sogra muito à frente. Fomos lá jantar no fim-de-semana e, para abrir as hostilidades, vejo uma taça cor-de-rosa com um aspeto divinal cercada por umas tostinhas apetitosas:

- É pesto de beterraba, uma receita que descobri num blog - esclarece-me prontamente a dileta progenitora do meu querido Marido Mistério.

Sem cerimónias atirei-me à taça como um bêbedo se atira a uma garrafa de vinho. Resultado: Sogra 1 – Nora 0.

Por isso, não descansei enquanto não pedi ao meu querido Marido Mistério para fazer esta receita do The Roasted Root. Ele só vai precisar de uma beterraba, três dentes de alho picados, nozes tostadas, queijo parmesão ralado, azeite, sumo de limão e sal. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Beet-Pesto.jpg

 

Pré-aqueça o forno a 190º C. Lave bem a beterraba e seque-a. Corte-a em pequenos cubos e coloque-a numa folha de papel de alumínio. Embrulhe os pedaços de beterraba nessa folha de papel de alumínio, formando uma espécie de pacote. Coloque o pacote de alumínio no forno, durante 50 minutos ou até as beterrabas ficarem macias e o sumo começar a sair. Deixe arrefecer. Junte todos os ingredientes, menos o azeite, no liquidificador e bata bem. Enquanto o liquidificador está a trabalhar vá acrescentando lentamente o azeite até todos os ingredientes estarem bem misturados. Se o pesto ficar demasiado espesso, pode juntar um bocadinho de água para ficar com a consistência desejada.

Além de fazer um sucesso em qualquer jantar, porque é lindo de morrer, este pesto de beterraba é absolutamente delicioso e até que é light. Como sou ligeiramente obsessiva, tornou-se o meu mais recente vício. Agora, quando chego a casa, desvairada de fome, como este fantástico aperitivo à colherada.

Obrigada, minha querida sogra, pela dica!

 

Um beijinho para todas as sogras e noras espalhadas por essa blogosfera,

Ela

 

receita e fotos: the roasted root

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    casalmisterio

    08.04.17

    Olá, Ana

    Antes de mais, deixe-nos agradecer o seu comentário. Felizmente, não se trata de qualquer tipo de mentirinha. Já dissemos várias vezes aqui no blog – como pode ver, por exemplo, neste link (http://www.casalmisterio.com/rolinhos-de-pizza-com-pesto-presunto-e-552147) – que, por vezes, republicamos algumas receitas antigas que são mais procuradas.
    Como a pesquisa por receitas antigas não é muito intuitiva aqui no blog e como recebemos vários pedidos de leitores a perguntarem-nos sobre receitas já publicadas, por vezes colocamo-las novamente no início da timeline ou destacamo-las no Facebook. E apagamos o link antigo porque optámos por não ter repetições no blog.

    Muito obrigado,
    Casal
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.